Vinho Barca Velha 2011- 750 ml

R$6.900,00
Entregas para o CEP:
Meios de envio
  • Vinho Barca Velha 2011- 750 ml

  • Pontuação:

  • Produtor do Vinho: Sogrape Vinhos - Casa Ferreirinha

  • País: Portugal

  • Região do Vinho: Douro

  • Tipo do Vinho: Tinto

  • Safra do Vinho: 2011

  • Uvas: 45% de Touriga Franca, 35% de Touriga Nacional, 10% de Tinto Cão, 10% de Tinta Roriz

  • Teor Alcoólico do Vinho: 14,5%

  • Descrição do Vinho: O Barca Velha de 2011 é um vinho de cor rubi profunda e viva. O seu complexo aroma salienta as especiarias, como a pimenta, as notas balsâmicas como cedro e caixa de tabaco. Este leque é perfeitamente conjugado com as notas de frutos vermelhos e com a madeira de grande qualidade, revelando-se bem integrada. Em boca, manifesta uma acidez vibrante, taninos muito firmes, notas de especiarias, fruta preta e sabores balsâmicos. O final é o que os seus antecedentes sempre nos habituaram, extremamente longo, de grande elegância e complexidade.

  • Vinificação: o vinho passou cerca de 18 meses em barricas de carvalho francês antes de ser engarrafado em maio de 2013.

  • Harmonização: Carnes, queijos, massas, pratos tradicionais do Douro.

  • Nota: Símbolo de uma eterna busca pela perfeição, Barca-Velha é um vinho que em cada detalhe se expressa. Um vinho alimentado a sonhos e certezas, da ambição em produzir o melhor do Douro e da convicção que cada edição lançada supera e dignifica um legado sem igual. É, portanto, um vinho que ao longo de quase 70 anos desafia o Homem na arte de saber esperar. 

  • A safra de 2011 é a 20ª colheita do mais emblemático vinho do Douro. O Barca-Velha aparece apenas algumas vezes por década (2000, 2004 e 2008 foram as colheitas anteriores), mas há muito que os apreciadores apostavam que, dada a excelência da vindima, 2011 não falharia. E assim aconteceu. Luis Sottomayor, que lidera a enologia da casa Ferreirinha desde 2007, fez questão de confirmar isso mesmo: “Quando este vinho nasceu, percebemos logo que seria destinado a Barca-Velha”. Nas barricas, primeiro, e depois na garrafa, foi sendo acompanhado e avaliado ao longo de nove anos, até Luis Sottomayor e a sua equipa tomarem a decisão final, uma espécie de Habemus Papam vínico: temos Barca-Velha!

  • Elaborado com uvas do Douro Superior recolhidas em diversas parcelas e diferentes altitudes na Quinta da Leda, o vinho passou cerca de 18 meses em barricas de carvalho francês antes de ser engarrafado em maio de 2013. Luis Sottomayor definiu-o como “um leão dominador, um vinho que diz ‘estou aqui’, cheio de garra e valentia”.

  • O Barca-Velha de 2011 é de fato um vinho impressionante, de enorme profundidade e complexidade, que faz inteira justiça ao fabuloso histórico da marca criada em 1952, à extraordinária vindima que o originou, e ao Douro enquanto região de excelência. A safra de 2011 produziu 30 mil garrafas de 750 ml.